quarta-feira, 29 de dezembro de 2010

Em 2010...

Telhados de Vidro
A Polícia Judiciária da Guarda constituiu arguidos dez pessoas, funcionários e elementos da vereação da Câmara de Celorico da Beira, pela prática de crimes de peculato.
Segundo o CM apurou junto de fonte ligada ao processo, entre os arguidos estão o ex-presidente da autarquia António Caetano (MPT) e o actual vice-presidente, José Cabral (PS), na altura vereador e funcionário, respectivamente."

Assalto estranho à Câmara Municipal
Na madrugada de 26 de janeiro a câmara de Celorico da Beira foi “assaltada”. Os ladrões entraram por “arrombamento” de uma janela das traseiras e levaram “dinheiro, documentos, uma arma de defesa pessoal e um “portátil” e que portátil…. tendo sido rebentado um cofre de grandes dimensões, que se encontrava na tesouraria, e levado todo o dinheiro que estava no interior.

As Piscinas Municipais
Como é do conhecimento, as piscinas municipais de Celorico encontram-se de porta aberta com funcionários à disposição, mas fechadas para utilização dos utentes

PIDDACinho
O Programa de Investimento e Despesas de Desenvolvimento da Administração Central (PIDDAC) tem apenas inscrita para o concelho de Celorico da Beira uma verba de mil euros, sim mil euros

Mercado Municipal
No ano passado na feira do queijo o ministro da agricultura Jaime Silva, foi recebido com pompa e circunstância pelos nossos representantes camarários e disse que ainda em 2009 deveriam avançar as obras de remodelação do mercado municipal de Celorico da Beira, este compromisso foi assumido no dia 20 de Fevereiro de 2009. Mas que obras? Pois não vemos nenhumas, bem pelo contrário continuamos com esta falta de condições.

Creche Stª Luzia
Através do Blog MAJUSP ficámos a saber quantas funcionárias alberga a Creche de Santa Luzia, pessoalmente nada temos contra qualquer uma delas.
Mas 24 funcionárias numa creche com 24 crianças das quais 5 são técnicas superiores, tem que ter uma explicação

As dividas
A Resistrela moveu uma acção em tribunal contra a câmara de Celorico da Beira que apesar de ser accionista tem uma dívida de um milhão de euros para com a empresa.
Um milhão de euros??? De quem serão agora as costas dos culpados.

O kit
O Kit dos Bombeiros (não se critica a causa) que levou este Sr. à televisão e a prestar várias declarações a órgãos de comunicação social, nada tem de verdadeiro, repito, nada de verdadeiro queijo serra da estrela de Celorico da Beira, nada de verdadeiro chouriço de Celorico da Beira, nada de nada. Este Kit promove um produto falso, a produção não tem origem no concelho de Celorico.
O Queijo é de Castelo Branco, empresa AMÉRICO PIRES BARBOSA, o chouriço é produzido em Trancoso, empresa SALSICHARIA TRANCOSENSE, a embalagem é também de Trancoso.

Biblioteca
Na página electrónica “Portal dos Contratos Públicos”, onde é obrigatoriamente comunicada a informação sobre todos os contratos celebrados ao abrigo do Código dos Contratos Públicos, verifica-se que o Município de Celorico da Beira celebrou, em 07 de Dezembro de 2009, com a empresa LEVIRA II Comércio de Mobiliário Metálico, S.A. um contrato de aquisição de serviços para fornecimento e montagem de equipamento móvel na Biblioteca Municipal de Celorico da Beira, pelo montante de 50.000,00 euros, mais IVA.
Este contrato foi celebrado por ajuste directo, pelo que foi UNICAMENTE convidada esta empresa a apresentar proposta! (“De Mãos Limpas por Celorico”)!

Quem é o Presidente
Agora que por agora não há Presidente, mas quem é o Presidente? Estamos realmente confusos…
Não havendo presidente há um outro Presidente, o quem vem a seguir a Presidente, é isto não é?

As contas
Passivo exigível (dívidas totais):
2009: 21.087.099 euros
Custos (despesas) com o pessoal:
2009: 6.753.098 euros
No ano de 2009 as despesas com Pessoal correspondem a 70% (!!!) das receitas totais da Câmara.

Ranking
Segundo uma lista da Direcção-Geral das Autarquias Locais (DGAL) a autarquia de Celorico da Beira está na 4ª posição dos municípios que demoram mais tempo (531 dias) no pagamento de dívidas a fornecedores.

Mas quanto a fornecedores…
Por outro lado continua a perceber-se, há fornecedores que ainda vão vendendo, recebendo e bem. Basta consultar o mapa de endividamento a terceiros e ver o fornecedor “Fernando Gonçalves Monteiro”, sogro do vereador substituto. Em 2009 vendeu para a Câmara um total de 80.064 euros, enquanto que no ano de 2008 as compras efectuadas a tal fornecedor totalizaram 36.450 euros!!!! Em dois anos um total de 116.514 euros (mais de 23.000 contos na moeda antiga)!!!! Para quem tinha o negócio quase fechado, nada mau…..


Por unanimidade a melhor do ano é....!!!

Euromilhões

O Senhor Vice-Presidente da Câmara em resposta ao Senhor Vereador disse que o euromilhões saiu a esta autarquia no dia em que este Executivo tomou posse….”

Temos dito...

quarta-feira, 22 de dezembro de 2010

A sentença da estação


O primeiro lanço do IP2 abriu dia 20 de Dezembro ao trânsito. Ao mesmo tempo, ficou também disponível ao transito a variante que liga Celorico à IP2.
Sem direito a inaugurações nem há presença do pinocrates maior.

Essa variante tem inicio junto ao cruzamento das Casas do Rio, o que leva a que o trânsito que normalmente circulava na Estação deixe de acontecer. Quem vem da Guarda direcção Trancoso entrará no nó da Aldeia Rica, quem vier em sentido contrário seja para a Guarda ou Viseu apanhará certamente o mesmo nó, quem se deslocar de Celorico direcção Trancoso vai circular certamente pela referida variante. Até os habitantes do Baraçal, Minhocal, Maçal do Chão a vão utilizar.
Resumindo, na estação circulará o trânsito local e pouco mais.

E alguém fez alguma coisa para precaver esta situação da estação? O poder político local, manifestou-se para que de algum modo fosse encontrada uma alternativa a esta situação? Quais foram as diligências junto do Governo?

Na nossa opinião esta variante que é necessária, faria todo o sentido de existir mas numa zona a que obrigasse o trânsito a circular na estação, ninguém fez nada, ninguém se manifestou. À excepção dos candidatos do MAJUSP que a bom tempo ainda alertaram para a sentença da estação se o projecto da variante neste local fosse para a frente, e é que foi.

Na nossa opinião e porque ouvimos as pessoas, neste caso as mais interessadas que são as da estação, o comércio local está condenado, com o passar do tempo os clientes normais vão optar pela auto-estrada, os pesados deixarão de circular na estação, o movimento diário vai-se reduzir a cada dia que passar, infelizmente 30% a 40% do comércio da estação vai fechar dentro do próximo ano.

Nós não falamos, fazemos…agora aguentem.

terça-feira, 14 de dezembro de 2010

Revisão da matéria

70% de despesa com pessoal em relação ao total de receitas…é o máximo permitido por lei para as autarquias….
Consequência perda de mandato.
Criam-se as empresas municipais transferem-se verbas para dar emprego e ganhar eleições.
Conclusão, ultrapassa mas realidade não!! Enfim, Portugal.

Para os pseudo Políticos desta terra… e para todos nós

Artigo 6.º
Competência do Governo

Compete ao Governo determinar a realização de inspecções, inquéritos e sindicâncias aos órgãos e serviços das autarquias locais e associações de municípios, nos termos da lei, por sua iniciativa, sob proposta do governador civil, ou a solicitação dos órgãos autárquicos, entidades ou organismos oficiais ou em consequência de queixas fundamentadas de particulares devidamente identificados.

Acho que não é preciso ganhar 2160€ para perceber isto…

Artigo 9.º
Perda de mandato

1 - Perdem o mandato os membros dos órgãos autárquicos que:
a) Após a eleição, sejam colocados em situação que os torne inelegíveis ou relativamente aos quais se tornem conhecidos elementos supervenientes reveladores de uma situação de inelegibilidade já existente, mas não detectada previamente à eleição;
2 - Perdem igualmente o mandato os membros dos órgãos autárquicos que, no exercício das suas funções ou por causa delas, intervenham em processo administrativo, acto ou contrato de direito público ou privado quando:
b) Por si, ou como representante de outra pessoa, nele tenha interesse o seu cônjuge, algum parente ou afim em linha recta ou até ao 2.º grau da linha colateral, bem como qualquer pessoa com quem viva em economia comum;

Conclusão, MÃOS LIMPAS

E já agora um conselho para 3000 e tal alminhas, peguem no Manifesto Eleitoral do doentinho e sonhem, sonhem com mais emprego em ano de eleições, com escolas, estradas, água potável nas torneiras, turismo, agricultura, desporto, uma série de infra-estruturas prometidas e apoio social, sonhem mas façam-no muito baixinho.


 

quarta-feira, 8 de dezembro de 2010

Finalmente as Contas de 2009 da Câmara foram publicadas

As contas de 2009 foram recentemente publicadas no sítio electrónico da autarquia, tendo finalmente sido cumprida a Lei das Finanças Locais. Conclui-se o seguinte, comparativamente com os anos anteriores:

Passivo exigível (dívidas totais):

2009: 21.087.099 euros
2008: 20.179.838 euros
2007: 18.920.187 euros
2006: 18.961.588 euros
2004: 16.703.455 euros

Custos (despesas) com o pessoal:

2009: 6.753.098 euros
2008: 5.984.846 euros
2007: 5.134.690 euros
2006: >5.000.000 euros
2004: 2.949.341 euros
2003: 2.599.419 euros
2002: 2.276.148 euros

No ano de 2009 as despesas com Pessoal correspondem a 70% (!!!) das receitas totais da Câmara.



Então, Sr. Vereador, o que é feitos dos lucros divulgados na comunicação social???
E agora o que tem a dizer o Partido Socialista?

Pois é, as eleições em 2009 ficaram bem caras, não aos xuxalistas mas a todos os Celoricenses.
Este executivo como não tinha, nem tem obra para convencer o eleitorado, utilizou a política de emprego para angariação de votos, como vimos a dizer há tanto tempo.
E obra?? Investimento? desenvolvimento?
Desenganem-se, não haverá obra visível em Celorico da Beira num futuro tão próximo, pelo simples motivo que não há dinheiro, foi esbanjado em festinhas e festivais, festanças e papanças.
Este executivo lesou irremediavelmente todos Celoricenses e até todos os Portugueses, assim o diz, que faz o Sr. Presidente da Câmara, que quer se queira quer não, é o principal responsável da situação da autarquia, ou não é o Presidente…??
Ao Sr. Presidente que tão bem deve conhecer estes números, devia envergonhar que alguém pessoalmente ligada continue sem trabalhar, sem horários e com regalias exclusivas, pois mais não é que uma funcionária normal da autarquia e mais uma funcionária pública igual a tantas outras milhares deste País.

Por outro lado continua a perceber-se, há fornecedores que ainda vão vendendo, recebendo e bem. Basta consultar o mapa de endividamento a terceiros e ver o fornecedor “Fernando Gonçalves Monteiro”, sogro do vereador substituto. Em 2009 vendeu para a Câmara um total de 80.064 euros, enquanto que no ano de 2008 as compras efectuadas a tal fornecedor totalizaram 36.450 euros!!!! Em dois anos um total de 116.514 euros (mais de 23.000 contos na moeda antiga)!!!! Para quem tinha o negócio quase fechado, nada mau…..

Por fim, destacamos um dos parágrafos do parecer de 2009 do Revisor Oficial de Contas:
O montante do endividamento liquido total do município e dos contratos de empréstimo de médio e longo prazo não se enquadram nos limites previstos na Lei das Finanças Locais, tendo-se agravado em 2009, de acordo com os critérios da DGAL, em 1.908.748,1 euros!!!!”
Desta forma, em 2011 este valor será deduzido às transferências do Fundo de Equilíbrio Financeiro (subsidio atribuído pelo Estado às Autarquias) para a Câmara Municipal de Celorico da Beira.

Rigor, transparência e verdade, não é com este executivo com certeza!!!!

O último que feche a porta……


terça-feira, 30 de novembro de 2010

Solar do Queijo visto por fora

Costuma-se dizer que a melhor publicidade para um negócio são os clientes.
Por coincidência encontramos um Blog, cuja autora num pos refere Celorico da Beira, mais concretamente uma visita ao Solar do Queijo.

E diz o seguinte:

Seguimos então para Celorico da Beira.
As paisagens são encantadoras e vale por si só o passeio.
E ainda bem, pois o tão falado Solar do Queijo é apenas um edifício com uma sala no primeiro piso com uma pequena exposição de queijos, e depois um piso superior com um bar onde se pode adquirir queijo da Serra.
O que nos valeu, mesmo, foi o passeio!
Aproveitámos e visitámos os locais de maior interesse, ou seja a Igreja e o Castelo.

Um comentário ao post:

Olá Luísa, isso é que foi passear, lol.
Eu também já visitei o Solar do queijo e também fiquei como tu, a pensar que era algo em grande, hihi.

Resposta da autora:

Célia, fiquei desiludida sim, pensei que teria mais para visitar e afinal é apenas uma sala com uma pequena exposição!

Estas são impressões das pessoas de fora que visitam o nosso Concelho e que nada têm a ver com a mesquinhice da política local, são a realidade.
As outras, as das toneladas de Queijo, dos aeroportos e dos Kits, são formas do magnífico continuar a enganar tolitos, lambe botas, mamões e tantos outros ignorantes.

É o Celorico que temos

segunda-feira, 22 de novembro de 2010

Magnificas ideias

Este é um excerto de uma reportagem realizada a propósito do Festival do Borrego na Carrapichana.

Podem ver o vídeo completo em http://www.youtube.com/watch?v=7Yae9AAzyFg



video

Para além da figura e não querendo discutir a base da ideia da produção do azeite, até gostaríamos de a ver realizada, levantou-se-nos a seguinte questão.

Como pensa o magnifico, conseguir entrar, com essa magnifica máquina de quase, perdão, mesmo 110 cavalos, na maioria dos olivais do Concelho?

A média de áreas dos olivais do nosso concelho não deve ultrapassar os 1000m2, será assim, este projecto viável….
Se isto não chegasse verifica-se também que grande parte não tem acesso para máquinas agrícolas ou são em terrenos de “combaros”. Ok, construam-se acessos dirão os seguidores das ideias do iluminado.

Desconhecemos na realidade os associados da cooperativa e proprietários de olivais que irão usufruir de tal magnífica máquina, mas muito sinceramente acreditamos que para os olivais comuns do concelho é inútil.Em olivais já estruturados para o efeito é útil de certeza.

E a produção do azeite, estará destinada para os lados da ponte do ladrão? E não só, procura-se mais uma vez fora do concelho lagar de azeite para a produção? No concelho de Trancoso, quem sabe na cogula???

Para nós sr. Vereador substituto, a ideia era merecedor de aplausos se em vez de um tractor de 110cv se adquirisse 2 de 55cv (que são mais pequenos) com varejadores aplicáveis aos tractores (os chamados bate palmas), deslocava 10 ou 20 funcionários inúteis do albergue, e aí sim ia apanhar azeitona.

Continuava-se a empregar e a economia local saía beneficiada, assim quem sai??

Celorico sem futuro

segunda-feira, 8 de novembro de 2010

Habitantes de Aldeia Rica andam quilómetros para ir ao cemitério




Na Aldeia Rica os habitantes têm que andar 8Km para se deslocarem ao cemitério. E a quem poderiam recorrer para se queixarem?
Logicamente ao Presidente da Junta de Freguesia e foi o que realmente fizeram. Mas o Sr. não tem tempo!!! Não tem tempo para esperar pelos Engº responsáveis da obra e resolver um problema dos habitantes da sua Aldeia, ou pelo menos, obter uma resposta. E a pedreira ali tão perto carlinhos!!!

O Presidente da Junta questionado por um jornal da região remeteu o assunto para o presidente da Câmara Municipal o Eng Monteiro, o jornal tentou contactar este mas mais uma vez mostrou-se indisponível. Novidade?!?!? Nah...
Este só aparece para anunciar festas? Mas ainda é Presidente...???
E as pessoas quem é que intercede por elas?

Não é que as pessoas da Aldeia Rica mereçam  muito a nossa critica neste assunto, pois escolheram a mediocridade para os representar, alguns que vemos na reportagem aplaudiram muito o novo rumo (para o abismo) mas acima de tudo está em causa o bem estar de cidadãos do nosso Concelho.


PS: O Sr Presidente de Junta foi amigo ao remeter para o Sr. Presidente de Câmara, das duas uma, ou é realmente incompetente ou quer pôr em causa o Presidente. Ou as duas....
 
Celorico sem futuro...

segunda-feira, 1 de novembro de 2010

Prof. Dr. José Alberto dos Reis

Data de nascimento
1875-11-01.

Localidade
Vale de Azares / Celorico da Beira
Data da morte
1955.

Habilitações literárias
Licenciatura em Direito pela Universidade de Coimbra (1897);
Doutoramento em Direito pela Universidade de Coimbra (1899).

Profissão
Professor universitário;
Advogado.

Carreira profissional
Integra o corpo docente da Universidade de Coimbra (1900);
Reitor da Universidade de Coimbra (1913-1916);
Director da Faculdade de Direito de Coimbra (1916-1920 e 1922-1927);
Membro do júri de concurso para Assistente de Salazar (1917). Propôs a concessão do grau de Doutor a Salazar, de acordo com uma lei de 1917, que conferia à escola a possibilidade de o conceder aos professores ordinários e aos extraordinários com 3 anos de serviço.
Professor Catedrático (1926);
É o principal responsável pela reforma do Código de Processo Civil (1926-1939);
Jubilou-se em 1945.
Retirado da vida política (1945), por motivos de saúde, dedicou-se exclusivamente à advocacia.

Perfil político-ideológico
Católico. Membro do Centro Católico, organização em que estabeleceu amizade com Salazar, depois de ter abandonado a Maçonaria, em 1913;
Amigo pessoal Salazar, que era visita habitual da sua casa, em Coimbra. Fez parte do seu círculo mais e deu parecer sobre o projecto de Constituição de 1933, as revisões constitucionais e os candidatos às eleições legislativas e presidenciais a apresentar pela União Nacional.

Carreira político-administrativa
Membro do Conselho Político Nacional, por indicação de Salazar (1931);
Membro do Conselho de Estado, por indicação de Salazar (1933);
Presidente da Comissão de Justiça do I Congresso da União Nacional (1934);
Membro do Conselho Consultivo da União Nacional (1946).

Carreira parlamentar
Presidente da Mesa da Assembleia Nacional I, II e III Legislatura.

segunda-feira, 25 de outubro de 2010

Advinha quem é o Presidente

Agora que por agora não há Presidente, mas quem é o Presidente? Estamos realmente confusos…
Não havendo presidente há um outro Presidente, o quem vem a seguir a Presidente, é isto não é?

Sim, mas não, pelo menos Nós em Celorico, achamos…

O que é mesmo Presidente como nunca o foi, não importa que não o seja é bom para toda a gente, para uns útil noutros cómodo.

O que devia ser Presidente por falta do Presidente não é reconhecido como Presidente, num interessante post da JSD ficámos a saber que a propósito de uma reunião dos Presidentes de secção da JSD dos concelhos do distrito da Guarda, foi enviado um ofício à Câmara Municipal a solicitar o salão de reuniões do Museu do Agricultor. O Local da reunião foi alterado porque e pode-se ler no Blog que o dito oficia “não obteve despacho nem positivo nem negativo da parte do Vice-presidente Dr. José Luís Cabral”.

Mas este não é agora o Presidente??? Sim, mas não.

Se o oficio vai dirigido ao Vice-Presidente onde está o Presidente? Mas pode haver Vice-Presidente e Presidente..? claro que não!! Por isso muito bem, não houve resposta porque ele não é Vice-Presidente , é Presidente.
Mas o que agora é mesmo Presidente, pode e deve decidir como Presidente, com parecer negativo e positivo obviamente, motivos maiores levaram à ausência de resposta do Presidente. Por falta de uso não foi, pois tem sido bastante utilizada na ajuda da venda de formação.

Ainda no Blog vamos ver o comentário ao post, agora sim…estamos perdidos. Diz um anónimo que “O Vice Presidente da Câmara é um democrata exemplar”
Não pode! Está tudo doido?? Então o homem pertence aos Xuxalistas… e se fosse democrata de democracia facultava a sala, ou não?

Mas pensamos que já nos achámos…

De volta ao inicio que isto com tanto Presidente e sem Presidente é confuso.

Na ausência do Presidente há um Presidente. Na falta do Vice-Presidente há um Vice-Presidente??? Espera, que nisto de substituir já sabemos como é, existe mesmo o Presidente dos Presidentes o que é Presidente, Presidente, Presidente, Presidente, Presidente e Presidente. Queres ver que o ofício era para o Presidente dos Presidentes o certificar…

Em nós por Celorico quem é o Presidente…

Celorico, Celorico.

quinta-feira, 21 de outubro de 2010

MAIS PIDDAC(inho)

O Programa de Investimento e Despesas de Desenvolvimento da Administração Central (PIDDAC) para o próximo ano tem apenas inscrita para o concelho de Celorico da Beira uma verba de 30.000 euros, mais 29.000euros que o ano anterior.

Por isso podemos começar todos a bater palmas aos Sr. Deputados do PS eleitos pelo distrito da Guarda, já que a redução de 2,5 milhões de euros do PIDDAC coloca o Distrito da Guarda quase no fundo da tabela em termos de investimento do Estado, estando situado na 14ª posição (descendo um lugar), ficando apenas à frente dos distritos de Beja, Viseu, Portalegre e Bragança.

Quanto a Celorico mais uma vez nada ganha ao ter um executivo socialista.

sexta-feira, 15 de outubro de 2010

Pinóquios, Pinóquios...pinóquios

Victor Baptista acusa André Figueiredo de tráfico de influências

O Dr que pelo que parece afinal não o é, surge uma vez mais ligado às manobras do PS, até quando vamos ser governados por politicos destes?

O deputado socialista Victor Baptista acusou o chefe de gabinete do secretário-geral do PS de o ter tentado afastar da corrida à presidência da Federação de Coimbra com um cargo numa empresa pública. A acusação é negada por André Figueiredo.
Numa carta distribuída na quinta-feira aos companheiros de bancada, que é esta sexta-feira publicada nos dois jornais diários da cidade de Coimbra, Victor Baptista denuncia que André Figueiredo lhe sugeriu «um lugar de gestor público no Metro, na CP ou na REFER, com um vencimento de 15 mil euros mensais».
Em declarações à agência Lusa, esta sexta-feira, Victor Baptista adiantou que a sugestão do cargo numa empresa pública ocorreu em Abril, mas que não aceitou. «Compreendi que havia uma intenção deliberada com a minha recandidatura e passei a estar atento a todo o processo», disse à Lusa o deputado socialista, que se queixa de várias irregularidades no ato eleitoral alegadamente patrocinadas por André Figueiredo.
As eleições para a Federação de Coimbra terminaram em polémica e com uma diferença de cinco votos a favor do candidato Mário Ruivo, que Victor Baptista contesta.
Contactada pela agência Lusa, André Figueiredo disse não comentar declarações «dessa índole» e salientou que, em 19 actos eleitorais, apenas Coimbra registou «este tipo de acontecimentos, logo desde o início da campanha». «Sinto-me perfeitamente tranquilo e com a noção de dever cumprido, pois sempre pautei as minhas atitudes por princípios de transparência, rigor e isenção», afirmou o chefe de gabinete de José Sócrates no PS.
André Figueiredo reserva para si o direito de, no final do processo eleitoral, «lançar mão à justiça» se entender que foi alvo de «difamação, falsidades e injúrias».

Fonte- Lusa

segunda-feira, 11 de outubro de 2010

O rigor, competência do Vereador importado de Viseu

Na sequência do último post, consultámos o Despacho da Presidência do Conselho de Ministros e Ministério das Finanças e da Administração Pública, onde se verifica que, face ao incumprimento da Lei das Finanças Locais, as transferências do Fundo de Equilíbrio Financeiro (subsidio atribuído pelo Estado às Autarquias) para a Câmara Municipal de Celorico da Beira irão sofreu no exercício de 2010 um corte de 179 076,94 euros!!!!
Prova-se uma vez mais a incompetência e falta de rigor que reina nesta autarquia e o seu despesismo incontrolado, isto apesar do pelouro financeiro estar a cargo do especialista idolatrado em gestão de empresas, com mestrado em calotes e o doutoramento em falências….
E mais grave, esta notícia responsabiliza e implica todos aqueles energúmenos acobardados e mamões da Assembleia Municipal, que, face à sua falta de carácter, conhecimento e inteligência, aprovam e nada contestam sobre as contas e estes números preocupantes!

O relatório e contas do exercício de 2009 ainda não se encontra disponível na página da internet do Município, contrariando (novamente) o definido na Lei das Finanças Locais. Sabemos de antemão que as mesmas não são famosas, caso contrário o Vereador substituto especialista da área não tinha fugido para a Alemanha na altura da sua aprovação.
No final do exercício de 2008 as dívidas globais do Município de Celorico ascendiam a 20.179.838 euros (correspondendo a um montante de dívida por habitante de 2.354,16 euros), valor que obviamente será ultrapassado em 2009, o que implicará que em 2011 sejam novamente reduzidas as transferências do orçamento de estado.

É este o bom rumo para Celorico??? É esta espécie de socialistas capazes de desenvolver este concelho???

Por fim, recordamos uma frase histórica e memorável do magnífico gestor vereador substituto importado de Viseu, ao Jornal O Interior (edição de 24-06-2004), acusando a gestão municipal em Celorico de então (Eng. Caetano) de «gastar os nossos impostos sem saber gerir os recursos de que dispõe, pois não tem visão nem estratégia de futuro».

Pois é, Sr. Eng. Caetano, fique sabendo que a melhor gestão de recursos numa óptica de estratégia de futuro é ficar sem parte dos subsídios do Estado a que os Celoricenses deveriam ter direito! Só em Celorico…..

“Nós não falamos, fazemos”

sexta-feira, 8 de outubro de 2010

Politica do enterro

Mais uma notícia fantastica para Celorico. A autarquia de Celorico da Beira é uma das 17 autarquias penalizadas com a redução de transferencias do estado, por incomprimento e por aumentar o endividamento.

Celorico da Beira, que a exemplo de Seia também logrou diminuir em 2008 o excesso de endividamento (situado, ainda assim, nos 5,9 milhões), terá de suportar uma retenção de verbas de cerca de 179 mil euros

Quer dizer se estávmos mal pior ficamos.

E quem são os culpados?
Tão pouco tempo depois do magnífico gestor de formação por a camara a dar lucro...

Pois é meus senhores continuem com as festas e festarolas que mais não são que papanças num país arruínado e continuem a enterrar este concelho.

quarta-feira, 29 de setembro de 2010

Noticias da Assembleia

Pelas nossas fontes chegaram as noticias da ultima Assembleia Municipal.

Confrontado com toda a besteirada que disse para um jornal o Toino, como bom político cobarde chuta a culpa para o jornalista, não lhe devem ter ensinado que os homens assumem os seus actos, ainda falta muito para chegar lá. E no aperto diz que o assunto dos “Kits dos Bombeiros” com o ILT do produtor de Castelo Branco não devia ser levado à Assembleia Municipal. Errado e absurdo, porque a partir do momento que a Empresa Municipal através do Solar do Queijo tem participação nos referidos Kits é assunto da Câmara, da Assembleia e de qualquer deputado. Água correrá e voltaremos ao assunto…

O Paulito deu em chorão, chorou porque à Junta de Freguesia de Linhares não foi dado o protagonismo, que ele achava que devia ter, na realização do Campeonato do Mundo de Parapente que decorreu de 7 a 14 de Agosto, depois vieram as queixas dos sinais, das ruas e dos caixotes do lixo, até parecia que o paulito não foi eleito Presidente de Junta pelo PS.
È então que se percebeu o verdadeiro choro do Paulito, quis saber relativamente à Pousada de Linhares os motivos do encerramento, informação da data prevista de reabertura, isto porque logo agora que (passamos a citar) “ abriu uma nova unidade de restauração”. De Quem?!!!

A Pousada de Linhares segundo o Vice Presidente foi encerrada por culpa, da outra senhora…característica vincada deste executivo é a de se desculpabilizar com o passado.
Segundo ele os motivos do encerramento é ausência de ar-condicionado e o estado degradado das janelas do edifício que deixam entrar água, ao ponto, de se poder tomar banho nos quartos num dia de chuva.
Para nós, o Vice Presidente devia dizer que a Pousada de Linhares esteve encerrada mais de cinco anos e a propósito das ultimas eleições foi inaugurada politicamente e à pressa com o Inatel como parceiro, ar condicionado não havia e as janelas eram as mesmas. Quem não se lembra dos outdoors de campanha com a pousada?
Agora o Inatel mandou a Pousada às favas e o executivo fica com o menino na mão, perde Linhares e o Concelho.

O PSD actualmente vive uma luta, vai de mal a pior nem se dá conta que existe, na comissão política cada um puxa para seu lado, um ex Presidente numa campanha desmedida de angariação de militantes, os zangados e chateados e o Toino a querer entrar através de limitados e medíocres, o deputado Veiga Simão que até aqui foi sempre o mais interventivo entrou mudo e saiu calado, se ele assim continua o que sobra ao PSD? Zero, zerinho nos órgãos políticos.

Para terminar e pelo que nos chegou fazer referência a uma intervenção do deputado Armando Neves, que demonstrou que a política deve ser feita de direitos e deveres, princípios, liberdade de expressão, responsabilidade, coerência e em alguns casos e porque não, união e amizade.

Assim vai Celorico…

segunda-feira, 27 de setembro de 2010

Intervenção Urgente

Apelo de um cidadão preocupado.

Na rua da Corredoura existe uma habitação em avançado estado de degradação, que põe em perigo todas as pessoas e viaturas que ali circulam. Como se pode ver nas imagens,  umas das paredes dessa habitação está com "barriga" e parece ameaçar ruir a qualquer momento o que pode piorar com o Inverno que aí está à porta. De realçar que nesta rua circulam diariamente várias dezenas de crianças que a usam, para acesso às escolas.
Pede-se por isso, uma rápida intervenção tanto da Junta de Freguesia de S. Pedro como da Câmara Municipal.



Fica a denúncia.
Que não seja preciso dizer nós avisámos.

quinta-feira, 16 de setembro de 2010

Rentrée...

A esfregar as mãos (limpas) de contentes toino e companhia, devido à nossa ausência prolongada, foram férias senhores!!! Só demos música de Viseu, o baile ainda não começou mas que vai dançar vai!!

Chegou também a hora da nossa rentrée...

Depois de festas, festinhas, bebedeiras (de algumas) e toiradas, evolução ou desenvolvimento é que tá quieto…
Foi uma vez mais o concelho de Celorico da Beira noticiado em todos os órgãos de comunicação social devido à carroça ao burro e ao dono, espantoso, a comunicação social Portuguesa está cada vez mais estúpida e ridícula, só interessa vender jornais.
Algum jornalista se lembrou de contactar o Gabinete Social das Autarquia para questionar o conhecimento deste caso?
Há algum tipo de denúncia da Junta de Freguesia de Salgueirais ao referido gabinete? Ou o apoio social foi só para constar no manifesto eleitoral?

Fomos, neste mês de Verão, um concelho de festas e festivais, lava-se a cara e veste-se o vestido de gala, por outro lado continua a cheirar a merda dos esgotos a çeu aberto, com o calor basta passar na Rotunda de acesso a Vale de Azares e à porta do Vice Presidente, que cheirinho…

Nós não falamos, fazemos, não fizeram e não falam…não fizeram a Pousada de Linhares e agora não falam que está fechada, fica o turismo de Linhares à mercê do paulito mamão, mas esta para Linhares até assenta que nem uma luva, nas mãos Limpas!

A nós já nos custa chover no molhado, passou o verão e as piscinas municipais estiveram fechadas, começou o ano lectivo e continuam fechadas, e vós pais de Celorico o que dizeis? Não será de lamentar que os nossos filhos não possam estar em pé de igualdade e usufruir o mesmo que as crianças de outros concelhos aqui vizinhos? É demasiada incompetência…

Estamos de volta… mas sem futuro

sexta-feira, 23 de julho de 2010

segunda-feira, 19 de julho de 2010

Mete-se tanta água

Nós lembramo-nos da colocação de Outdoors, que mais não foram que propaganda eleitoral, e que foram mandados retirar por ordem do tribunal em resultado da Providência Cautelar interposta pelo PSD em 1 Outubro de 2009.
Publicitavam a realização de futuras obras, projectadas pela própria autarquia mas ao mesmo tempo apareceram os mesmos, com a imagem do Sr. Presidente e com o simbolo do PS. Só em Celorico…



Após 9 meses das eleições, perguntamos,
onde estão os Outdoors?? com a obra do Mercado Municipal, do Complexo Desportivo, da Zona Industrial, dos KM de alcatrão para as Freguesias etc etc ?? onde estão?

Deixou de haver projectos em tão pouco tempo, deixou de ser necessário enganar os tolos.

O executivo municipal em outdoors é especialista, já no Verão de 2008 tinha sido colocado um cartaz na rotunda da Central de Camionagem a anunciar a grande obra das Piscinas da Lageosa do Mondego, em Celorico para se divulgar a inauguração de uma infra-estrutura pública aparece o executivo num outdoor!! Só mesmo em Celorico, ou não???
Piscinas essas, que agora estão entregues à exploração privada, com a qualidade da água muito duvidosa e pelo que se sabe já foi alvo de uns puxões de orelhas. Mas nem tudo vai mal por lá, pela proximidade do local ou não “ tá memo na moda, né assim não?!?!”



E no meio de mais um Verão não é vergonhoso que as Piscinas Municipais de Celorico da Beira continuem fechadas? Envergonhem-se…

Foi no dia 14 de Abril feito mais um Ajuste Directo no valor de 26.600,00€, para aquisição de serviços de Reparação e Impermeabilização das Piscinas Municipais e nada, nada de nada só mesmo incompetência.

Celorico está sem futuro…

segunda-feira, 5 de julho de 2010

A verdade é como o Azeite (vem sempre ao de cima)

Já todos sabíamos que as últimas eleições autárquicas envolveram inúmeras compras de votos, apoios e lugares nas listas por parte dos que se intitulavam de “mãos limpas”.

Na página electrónica “Portal dos Contratos Públicos”, onde é obrigatoriamente comunicada a informação sobre todos os contratos celebrados ao abrigo do Código dos Contratos Públicos, verifica-se que o Município de Celorico da Beira celebrou, em 07 de Dezembro de 2009, com a empresa LEVIRA II Comércio de Mobiliário Metálico, S.A. um contrato de aquisição de serviços para fornecimento e montagem de equipamento móvel na Biblioteca Municipal de Celorico da Beira, pelo montante de 50.000,00 euros, mais IVA.

Este contrato foi celebrado por ajuste directo, pelo que foi UNICAMENTE convidada esta empresa a apresentar proposta! (“De Mãos Limpas por Celorico”)!

Os mais atentos sabem quem é o vendedor desta empresa, com certeza o comissionista (€€€€) do negócio. Para os mais distraídos ou desinteressados deixamos algumas pistas:

Era do PSD desde pequenino (fanático);
Ultimamente passou a gostar tanto, tanto dos Bombeiros e do seu Presidente! Porque será?
A mulher candidatou-se (cabeça de lista) a uma Junta da Vila e perdeu (novamente)!
O cunhado é um dos lambes botas de serviço e um INGRATO!
Então, mais fácil era impossível!

No mesmo dia foi celebrado um outro contrato, também por ajuste directo, aquisição de serviços para fornecimento e montagem de arquivo rolante e estantes na Biblioteca Municipal de Celorico da Beira., no valor de 53.460,00 € com a empresa KIND - PERFIS E DERIVADOS, S.A. a qual tem como accionista a LEVIGEST - SOCIEDADE GESTORA DE PARTICIPAÇÕES SOCIAIS, uma holding do grupo LEVIRA!!

Para comprovar é só visitar os links abaixo

E a biblioteca? Nem vê-la, as obras estão paradas, mas entretanto adjudicam-se 103.460,00€ de equipamento! Fica a inauguração para 2013, ano de eleições.


Pois é, a verdade é como o azeite e aos vendidos começa-lhes a cair a máscara!

VIVA CELORICO! VIVAM AS MÃOS LIMPAS!

sexta-feira, 2 de julho de 2010

segunda-feira, 28 de junho de 2010

terça-feira, 22 de junho de 2010

Mais uma à Guru Espertalhão....já foste Capital



Perante isto pelo menos 3309 pessoas de Celorico deviam sentir-se envergonhadas mas principalmente sintam-se enganados os que viram e ouviram… batemos no fundo.

O Dr. António Silva pode utilizar o nome dos Bombeiros, é legítimo, foi eleito democraticamente pelos sócios, MENTIR em nome de CELORICO NÃO.

Louvam-se as acções para angariação de sócios, compreende-se a luta pelo protagonismo, pode fazer de Chefe Michelin ou dançar o vira, mas enquanto Vereador Substituto da autarquia e membro da administração da Empresa Municipal pede-se, no mínimo que tenha respeito por um Concelho, já que não tem responsabilidade.

O Kit dos Bombeiros (não se critica a causa) que levou este Sr. à televisão e a prestar várias declarações a órgãos de comunicação social, nada tem de verdadeiro, repito, nada de verdadeiro queijo serra da estrela de Celorico da Beira, nada de verdadeiro chouriço de Celorico da Beira, nada de nada. Este Kit promove um produto falso, a produção não tem origem no concelho de Celorico.

O Queijo é de Castelo Branco, empresa AMÉRICO PIRES BARBOSA, o chouriço é produzido em Trancoso, empresa SALSICHARIA TRANCOSENSE, a embalagem é também de Trancoso.

Celorico tem apenas dois produtores certificados de queijo serra da estrela, um em Prados outro no Minhocal, mas produtores de queijo da serra há muitos, até Industrias, a produzir queijo melhor do que este. É este o apoio às empresas e aos produtores do concelho, comprar fora, a promoção dos nossos melhores produtos é ridicularizar os mesmos, destruir séculos de sabedoria e de empenho dos nossos antepassados e dos actuais resistentes.

E de quem é a responsabilidade da participação do Solar do Queijo no lançamento deste Kit? Será certamente e também do executivo.

Para o bem de Celorico, este Sr. deve passar imediatamente de substituto para substituído… Neste momento somos um concelho envergonhado a nível nacional.

Mas um mal nunca vem só, ficámos a saber que Celorico ficou fora da “Grande Feira do Queijo Serra da Estrela”, grande capital que nós somos. A Feira do Queijo Serra da Estrela terá uma edição anual, cabendo a cada concelho a organização de uma edição do certame entre 2011 e 2013, no próximo ano será em Seia, depois Gouveia e por último Fornos de Algodres.

Continuam-se a fazer festinhas e inaugurações de praças, dar de comer e beber aos tontos e tudo nos passa ao lado, foi esta e continua a ser a única política dos senhores das mãos limpas…

Tudo indica que a “Grande Feira” se irá realizar no fim-de-semana do carnaval, que futuro terá a Feira do Queijo em Celorico? Qual é a estratégia deste executivo, para ajudar na produção e comercialização do nosso Queijo da Serra? De que vale ter um Solar do Queijo?

Como é possível que toda uma politica de promoção/divulgação e comercialização desenvolvida, nos mandatos de Faria de Almeida e Júlio Santos, tenha este final.

O que têm os dirigentes do Partido Socialista a dizer de tudo isto?? Se nada disserem estão a comungar de um enorme erro que custará muito ao Concelho.


Aguenta Celorico... a capital do desgoverno

quarta-feira, 16 de junho de 2010

História de um politico

Prefácio

“Podes prometer o céu na terra e a felicidade eterna; podes garantir que a Guarda será a capital do mundo; podes convencer todos de que o futuro está do teu lado; podes ganhar todas as Câmaras do mundo, da Terra, de Marte e da Lua. Podes até ser canonizado e declarado santo. Podes isso tudo, mas para mim vai haver sempre, um problema. Para mim não passas de um trapaceiro, de um embuste.”


Esta é a história de um político que se diz socialista porque lhe convém, esse político começou a sua actividade política no CDS-PP, quem não se lembra dele e do seu papá todos empenhados na Renault Traffic numa campanha para as autárquicas?
Inteligente como é, cedo se apercebeu que nesse partido não se governava a ele nem à respectiva família, decide então mudar-se de corpo e alma para o PS, tendo sido admitido na Câmara (onde mais poderia ser???). No entanto, como um Presidente Júlio Santos ainda mais inteligente é, apercebeu-se dos objectivos maléficos dessa gente e não demorou em correr com eles! Na altura Júlio Santos era candidato à Presidência da Federação do PS Guarda, contra um tal Cabral, que negociou com o politico umas 300 inscrições de militantes à troca de um tacho para o cunhado do político no gabinete dos toxicodependentes na Guarda. Mais tarde o tal Cabral provou desse veneno!
Mas o grande político não tardou em arranjar novo tachinho na Segurança Social, graças ao grande PS. Depois como mentor do (falso) novo rumo trabalhou para a vitória do PS, mas passaram-lhe a perna e os objectivos pessoais estavam em risco. Não descansou enquanto não foi chefe de gabinete com mais de 2.000 euros por mês no albergue camarário, para esse político a dignidade tem preço! Antes de ter o referido tacho dizia cobras e lagartos do Pinóquio, da loira louca e do guru espertalhão. Pelo menos o cunhado do político pode estar mais descansado, desde que lhe deram o tacho já não levou tau-tau lá em casa.
O tacho foi uma forma de conseguir o objectivo pessoal de ser Presidente dos xuxalistas do Distrito, que foi fácil, com a receita indicada pelo amigo Figueiredo. Fazer toda a logística da campanha dentro da autarquia, prometer uns tachos a uns boys novatos e outros dinossauros acabados e a famosa táctica da agremiação através da Associação de Dadores de Sangue e da morada do papá, enfim, uma uma mafiosa trapaça.
E chegam as eleições legislativas e com toda a legitimidade o chefe dos xuxalistas do distrito vai atrás do pára-quedista de Amarante, mas a política é um jogo e muitas vezes com resultados combinados. E foi tudo combinado pela Monarquia Socialista da cidade mais alta, onde a rainha ainda é D. Maria. E então o politico foi para o palácio, 6 meses para segurar o lugar que estava destinado à princesa, assim ditou a rainha.
Chegou a oportunidade de realizar o sonho e o politico entrou onde sempre quis estar, na Segurança Social. E sonho porquê? A Segurança Social controla as Associações IPSS do distrito e muitos lares e centro de dia serão construídos por Empresas de Construção…todas as autarquias, empresas e pessoas do Distrito dependem e muito da Segurança Social e existe esse fenómeno do rendimento mínimo…em Lisboa não é tão fácil agrimentar dadores de sangue ou projectar uma candidatura à Câmara da terra.

O grande politico ganhará as próximas eleições a presidente dos xuxalistas, não é difícil, os tachos foram distribuídos, o dinossauro foi para o Governo Civil para onde também já foi enviado um Boy da Meda, um emplastro já tinha sido entretanto colocado em Celorico e outros virão. A mana é chefa das Mulheres xuxalistas, o cunhado Presidente dos xuxalistas cá na terra onde também está a mulher, pai e mãe. Para as próximas eleições será aplicada a mesma receita…

O fim da história, virá depois…

segunda-feira, 14 de junho de 2010

O óbito passado...pelos xuxalistas

As políticas socialistas, com a concordância dos autarcas de Celorico, vão fechar algumas escolas no concelho de Celorico.
Essas escolas são a EB1 dos Açores, Baraçal, Casas Soeiro, Fornotelheiro, Ratoeira, Mesquitela, Vale Azares, Vide E. Vinhas. Em todo o concelho ficamos só com as escolas S. Pedro Sta Lúzia e Lageosa e ficamos a aguardar o fecho de algumas creches, nestas mesmas localidades.

Todos os autarcas do distrito da Guarda se manifestaram contra o fecho das escolas com menos de 21 alunos. Todos menos em Celorico, o vereador responsável pela educação diz que é complicado mas que se aceita, é o único a aceitar de animo leve o fecho das escolas em Celorico, isto porque ele é de Nespereira e está a borrifar-se para as nossas aldeias.
Mesmo outras Câmaras do PS tal como a de Manteigas e da Guarda se manifestaram contra e basta ver o que disse o Presidente da Câmara de Gouveia e ver o que disseram os autarcas de Celorico, o de Gouveia disse que só fechariam as escolas por cima do seu cadáver, em Celorico os autarcas mais uma vez, aceitam o que lhes impõem.

Daqui por uns anitos vamos estar todos a comentar que nas nossas aldeias são só idosos, vai faltar a alegria e os sorrisos das crianças e os pais alguns que ainda têm a sua residência nestas aldeias não vão por lá ficar, com o tempo acabam por se deslocar para a vila e é mais um motivo para a desertificação.

Está passado o atestado de óbito para as aldeias, que pena não termos alguém que se manifeste declaradamente contra, mas foi nisto que os Celoricenses votaram…

Agora aguentem-se!!!

quinta-feira, 10 de junho de 2010

A explicação...

Cavaco Silva diz que o país vive uma situação insustentável e apela à solidariedade, união e coesão entre Portugueses contra a crise...

Socrates discorda e diz que o país não vive nada disso, estamos na maior...
"Sócrates disse que as medidas de austeridade aprovadas são justas e que todos os países da Europa o estão a fazer para dar confiança aos mercados internacionais. «Há grupos sociais que pagam mais e fazem um maior esforço e há grupos sociais que pagam menos que fazem menos esforço. Eu acho que era disto que o Presidente estava a falar e é isto que dá a unidade dos portugueses e a justa distribuição»,

Ora a justa distribuição que Sócrates fala é esta....

Valores Mensais

420.000,00 € TAP administrador Fernando Pinto
371.000,00 € CGD administrador Faria de Oliveira
365.000,00 € PTadministrador Henrique Granadeiro
250.040,00 € RTPdministrador Guilherme Costa
249.448,00 €Banco Portugal administrador Vítor Constâncio
247.938,00 €ISP administrador Fernando Nogueira
245.552,00 €CMVM Presidente Carlos Tavares
233.857,00 €ERSE administrador Vítor Santos
224.000,00 €ANA COM administrador Amado da Silva
200.200,00 €CTT Presidente Mata da Costa
134.197,00 €Parpublica administrador José Plácido Reis
133.000,00 €ANA administrador Guilhermino Rodrigues
126.686,00 €ADP administrador Pedro Serra
96.507,00 €Metro Porto administrador António Oliveira Fonseca
89.299,00 €LUSA administrador Afonso Camões
69.110,00 €CP administrador Cardoso dos Reis
66.536,00 €REFER administrador Luís Pardal: Refer
66.536,00 €Metro Lisboa administrador Joaquim Reis
58.865,00 €CARRIS administrador José Manuel Rodrigues
58.859,00 €STCP administrador Fernanda Meneses

 Valor Total 3.706.630,00 €

51.892.820,00 €Valor do ordenado anual (12 meses + subs Natal + subs férias)


900,00 €Média de um funcionário público

58.688,31 - nº de funcionários públicos que dá para pagar com o mesmo dinheiro
 
Se Camões pudesse escrever seria, todos à badamerda incluindo Sócrates e Cavaco....
 
Viva Portugal...

segunda-feira, 7 de junho de 2010

Estádio Ferro Velho

No próximo mês de Julho Celorico da Beira vai receber as equipas do Portimonense (6 a 14 de Julho) e Vitória de Setúbal (15 a 24 de Julho) que aqui vão realizar o estágio de pré-época, estando ainda por confirmar a vinda do Paços de Ferreira, que já alguns anos tem escolhido Celorico para realizar o seu estágio.
A realização dos estágios destas equipas da 1ª divisão em Celorico não é por acaso, tem sido uma aposta da FTP Hotels, aqui com o Hotel Quinta dos Cedros e em Seia com a Albergaria Srª Espinheiro que este ano vai receber a equipa do União de Leiria.

Obviamente que o Estádio Municipal de Celorico é o local onde estas equipas irão efectuar os treinos e jogos de preparação, esperamos então que a autarquia coloque mãos à obra e prepare o recinto desportivo da melhor forma para receber equipas da 1ª Divisão.
O Estádio Municipal está, como outras infra-estruturas do Concelho ao abandono.

Os balneários estão completamente degradados, não existem condições para ser utilizados por atletas de alta competição, todo o resto no interior do estádio é um local de despejo de tudo e mais alguma coisa por parte da autarquia, está transformado num armazém.
O exterior é parque de sucata, armazém e é neste local onde se estacionam as viaturas de recolha do lixo e limpeza de esgotos, tudo isto faz muito bem à prática do desporto…. desporto que já nem se pode praticar, onde está a pista de atletismo?? Desapareceu….


Haja consciência porque ainda há tempo para limpar todo o ferro velho e receber bem as equipas da 1ª Divisão, que muito orgulham Celorico por escolheram a nossa terra para se prepararem para a competição.

quinta-feira, 27 de maio de 2010

Walk auf das Konto oder Arbeit?



Visitaram a Fazenda da Esperança na Alemanha o Sr. Presidente, o vereador substituto, um Arquitecto uma Engª e um Topógrafo da Autarquia e...uma Directora da Creche!?!??!?

Haja esperança

quinta-feira, 20 de maio de 2010

Agora passou a ser ridículo

Por esta hora é destaque no site iol.pt “26 jogos e 26 derrotas: Lageosa desafia a Selecção Nacional”

Ridículo tão ridículo quanto vergonhoso e ainda mais vergonhoso é sujeitar a freguesia Lageosa do Mondego a esta exposição.

Acabou o campeonato da 1ª divisão distrital da Guarda, último Lageosa do Mondego e penúltimo Celoricense. A Lageosa terminou como começou, com 0 pontos e um record de golos sofridos, foram 159.Durante toda a época foi notícia em televisões, jornais e revistas sem que por uma vez a Presidente da Direcção Srª Presidente Conceição Monteiro tivesse dado a cara.

Aparece uma vez mais o Joel que aqui já foi elogiado, como protagonista do triste episódio, mas cabia também a ele deixar de alimentar o assunto e desmascarar todo este falso filme que se anda a vender à comunicação social. Dizer que se inscreveu uma equipa de futebol a três dias da data limite, não é a única justificação, deve dizer-se que isso aconteceu em ano de eleições na terra do Presidente da Câmara como presidente do Clube a sua esposa, numa freguesia onde os jovens da terra já não acreditam em futebóis, pois ou ficam a “arder” com o prometido ou são convidados a sair da casa do Sr. presidente que lhes indica o sitio da porta…perguntem se é mentira… ficaram os que trabalham na câmara que não são assim tão poucos.

Pensar que falar, nem que seja mal da Lageosa é algo de bom é o pensar de merda à Sócrates.

Ou o mesmo que dizer que a câmara dá lucro quando tem 20.179.837€ de dívidas totais.

Enfim…vejam a reportagem

http://www.maisfutebol.iol.pt/portal-iol/lageosa-seleccao-maisfutebol-futebol-iol-covilha/1164027-5280.html

terça-feira, 18 de maio de 2010

domingo, 9 de maio de 2010

Afinal o que se passa com o PSD em Celorico da Beira?

É certo que a vida interna do partido diz respeito aos seus militantes, mas nós cidadãos Celoricenses preferíamos que o PSD em Celorico fosse mais forte, mais de confronto.
O que foi feito pelos actuais dirigentes do PSD? Não têm feito nada, apenas assumem o seu papel de dirigentes como se isso fosse o suficiente para se ganhar alguma coisa. Quais as intervenções ou que oposição tem efectuado o PSD, perante os governantes socialistas da nossa autarquia? o que cresceu o PSD ultimamente?
Nada foi feito depois de uma derrota tão pesada, não se avistam objectivos para o futuro do partido em Celorico. O vereador Vitor Santos vai deixar a vereação e mais uma vez o PSD vê os seus eleitos a "sacudir o capote”. Sabemos que têm outras pessoas na assembleia, que tem feito intervenções muito assertivas nomeadamente pelo deputado da assembleia municipal o Dr. Veiga. Simão, fora isto pouco mais.
Não se pode apenas olhar para o umbigo próprio, pois assim, não se vai a lado nenhum e muito menos na política. Porque é que o MAJUSP ficou á frente do PSD nas últimas autárquicas? Porque tem tudo o que o PSD não tem nem teve, nomeadamente mais interesses por Celorico que pelo próprio movimento, os interesses por Celorico são mais do que apenas procurar lugares de evidencia politica, que é o que se passa dentro do PSD em Celorico e depois com tudo isto perdem tal e qual como perderam. Criar guerras internas e transportá-las para fora como tem sido norma no PSD nos últimos anos só fará dos adversários mais fortes.

Tudo isto para dizer que a Câmara de Celorico está a bater no fundo, já todos conhecemos o endividamento e os processos utilizados pelos responsáveis autárquicos, por isso achamos que com mais e melhor oposição ficamos todos a lucrar.

Se todos nos deixarmos de preconceitos Celorico fica a ganhar.



A Assembleia Municipal de Celorico da Beira foi unânime na aprovação de uma proposta que visa “disponibilizar os meios considerados indispensáveis para a instalação do novo Hospital Central do Interior do País”.
A proposta foi apresentada por Albino Bárbara, pelo que parece o poeta lírico das sessões. Justificou esta proposta pela “posição geo-estratégica de Celorico da Beira”, chegou-nos, que questionou o Vice-Presidente sobre a disponibilidade de terrenos para a obra, o que o mesmo respondeu – se não há, inventam-se…
E onde é que se inventam??? Na planície da Lageosa do Mondego, como só vemos planície na Lageosa na zona do Solar do Mondego, felizes os proprietários dos terrenos não é???

Impõe-se a pergunta, a câmara não possui terrenos em Celorico? A construção deste Hospital só se justificaria em Celorico, onde já existe o Centro de Saúde, Centro Coordenador de Transportes, Farmácias etc etc…

E agora vão ver se tenho influência ou não… disse o grande deputado da nação.

Venha o hospital…

quarta-feira, 28 de abril de 2010

As contas e dívidas fresquinhas do Albergue Municipal

Foi publicado o Anuário Financeiro dos Municípios Portugueses relativo ao ano de 2008. Desse documento que reproduz cabalmente a situação financeira de todos os Municípios Portugueses, retira-se facilmente o seguinte quanto ao Albergue Municipal cá da terra:

1 – Municípios com menor receita cobrada: Celorico da Beira – 9º lugar (em 2007 – 16º lugar);

2 - Municípios com maior passivo exigível (dívidas totais): 5º lugar em 2008, totalizando 20.179.837 euros(!!!), correspondendo a um montante de dívida por habitante de 2.354,16 euros. Em 2007, o Município de Celorico da Beira ocupava o 10º lugar, com um montante de dívida por habitante de 2.169 euros, correspondendo a um total de dívidas de 18.920.187 euros!!!!!!

Em 2008, Celorico da Beira entra mesmo no ranking dos municípios com menor liquidez.

3 - Municípios de Pequena Dimensão com um valor de dívidas a fornecedores superior a 50% das receitas totais: 4º lugar, condizendo com um total em dívida só a fornecedores de 10 282 738 euros!!!

4 - Municípios com pior índice de endividamento líquido em relação às receitas do ano anterior: 9º lugar, verificando-se que o nível de endividamento é superior em 262% (!!!) comparativamente às receitas do ano anterior. Estando o Município legalmente obrigado a reduzir o endividamento bancário (artigo 37º da Lei das Finanças Locais), o que se verifica é que em 2008 os empréstimos bancários cresceram quase 1.000.000 euros (mais 10%).

Depois desta evolução magnífica na óptica do vendedor de sonhos de Viseu, que para nós é apenas a confirmação mais que verídica que a Câmara caminha a passos largos para a falência e que é gerida por manifestos incompetentes, temos de colocar a questão: Onde estão os lucros que apregoa, Sr. Vereador importado de Viseu?

Voltando um pouco atrás, recordamos aqui os números históricos, que o nosso vereador nos está a deixar ano após ano e que têm sido aprovados em Assembleia Municipal pelos camaleões, lambe botas, tachistas e afins lá existentes:
Passivo exigível (dívidas totais):

2008: 20.179.838 euros
2007: 18.920.187 euros
2006: 18.961.588 euros
2004: 16.703.455 euros
2001: 8.005.706 euros

Palavras para quê. Eles não falam, FAZEM!

Celorico Quer! Celorico Tem!

segunda-feira, 26 de abril de 2010

Biografia de um Celoricense

Gomes Amaro foi um dos relatadores mais famosos das décadas de 70 e 80, natural de Celorico da Beira, aos 3 anos foi para o Brasil, que onde herdou aquele sotaque com que encantou a geração dessas décadas, que ao Domingo à tarde passavam a ouvir os seus relatos. Sempre acompanhou o F.C.Porto e a selecção portuguesa, relatou durante muitos anos em várias estações de Rádio como a Rádio Porto, Rádio Press e terminou a carreira na Rádio Festival, sempre para o Quadrante Norte, empresa responsável pelo programa.

Do Brasil Gomes Amaro trouxe alguns jingles. "Que ainda hoje estão na cabeça de muita gente, e o 'vai buscar' é um deles." Como o "não adianta chorar" quando era um golo, a bola de couro quando se referia ao esférico, o guarda--balas que era o guarda-redes ou o barbante que era a baliza.
Há expressões que nos ficam no ouvido, há uma que já atravessa gerações e gerações: "Vai buscar, Tibi."  o autor da frase é Gomes Amaro.

"Fui para o Brasil aos três anos e formei-me em Electrónica de Comunicações. Comecei a fazer rádio. Dava apoio logístico a uma rádio de São Paulo, onde vivia, que retransmitia os jogos do campeonato português, até que um produtor me aliciou com a proposta de transmitir os jogos em directo, desde Portugal, para a imensa colónia de portugueses em São Paulo. Como dizia aquele anúncio da Toyota, vim para ficar."

Da rádio do seu tempo, Gomes Amaro lembra-se sobretudo do relato emocionado na final da Taça dos Campeões-87, entre FC Porto e Bayern, com o calcanhar de Madjer, mas também de assistir a outro momento histórico, o do capitão João Pinto dizer que "Prognósticos? Só no fim do jogo."

Vai buscar...

segunda-feira, 19 de abril de 2010

Tristes e velhas...as noticias

Achou este executivo Socialista (que não o é) que não chegava ter dado ao desbarato a Pousada de Linhares ao Inatel para agora, vir também, a vender a preço de saldo e de uma forma inexplicável a água de Prados, água esse bem cada vez mais precioso…
Estranha é esta tendência de deslocar “Celorico” para os lados de Viseu, é certo que o projecto da mini-hidrica a construir na Ribeira da Cabeça Alta em Prados é essencial para o concelho.
Mas porquê uma empresa de Viseu?? Qual o critério de selecção?
E o ridículo de a Câmara ficar com 49% da sociedade e a tal empresa Hidroeletrica Severense , LDA com 51%, é da responsabilidade de quem?
Aqui, tanto executivo, vereador do PSD, deputados socialistas e a vereadora cobardolas, serão os responsáveis pelo maior saque ao património do Concelho. Mas ainda a procissão vai no adro...

Os plenários do J.A continuam, assim como os SMS mesmo para quem não se importa com este PS desfigurado e perdido de valores, mas já são mesmo muito poucos os aderentes mesmo com os sinos a rebate as audiências são limitadas aos que inevitavelmente não podem dizer que não. Em Seia tivemos os ex Autarca Eduardo Brito que deve estar à espera da boa vontade do grande deputado para que não se esqueçam dele lá para Lisboa, quanto às mulheres socialistas na Pousada de Linhares foi um encontro das mulheres da família do J.A funcionárias da câmara, associação das Casas Soeiro e alguma vedeta de circunstância. O mesmo num plenário com Jovens na cidade da Guarda, numa dúzia de pessoas meia dúzia são funcionários da câmara de Celorico.
Isto tudo verificado no site do PS Guarda onde o nome do Deputado J.A, aparece mais vezes que o próprio símbolo do PS ou o nome da Guarda. È este o PS Guarda, que contentes devem estar os senhores da Guarda com este Presidente da Federação Socialista… e mais contentes vão ficar… seis meses já foram e a partir de agora segurança no parlamento…segurança social lá vou eu….


Linhares da Beira foi a Aldeia Histórica do Distrito da Guarda menos visitada em 2009, no ano em que se inaugurou a Pousada é de facto preocupante.

Andámos distraídos e só esta semana reparámos que as equipas de futebol de juniores da Lageosa e Celorico desistiram do Campeonato Distrital de Juniores, é mau demais. Para além da falta de formação e projecto desportivo estão a desprezar os nossos jovens.

Assim vamos nós por Celorico….

quinta-feira, 8 de abril de 2010

e esta hein!?!?


O Dr. vereador substituto da câmara de Celorico participou nos plenários do Jó.
Já é militante socialista???

quarta-feira, 31 de março de 2010

Águia e Truta

Ao sobrevoar…

Águia – Então truta foste ver o Sócrates?
Truta – Nunca perderia esta oportunidade… recebi um SMS do J.A a convidar-me, disse que contava comigo, mas nem era preciso eu sou socialista.
Águia – Veio anunciar a passagem do TGV no Baraçal?
Truta – Não,  veio por causa da auto-estrada que vem de Bragança. Mas por falar em TGV senti alguma desilusão na cara do Presidente dos Bombos, era um sonho.
Águia – Ahh… então é ele o Engº das pontes…
Truta – Mas ele é Engº ? Ainda bem que ando na água…
Águia – Eu a pensar que a presença do Primeiro Ministro no Concelho, iria surpreender todos com a apresentação das 50 empresas do Vereador Substituto.
Truta – Nah… o Sócrates não vai nas propostas da oposição.
Águia – Oposição?? Não havia lá socialistas???
Truta – Estava o J.A como xuxalista, mas o vereador a que te referes é ex CDS, nada PS e quer ser muito PSD…
Águia – Está explicada a visita a Celorico, Foz Côa e Trancoso são PSD.
Truta – Se assim fosse Celorico era o ultimo Concelho que seria visitado, o Presidente e Vice Presidente da Câmara também são ex CDS….Presidentes de Junta como o dos Bombos, o americano da Mesquitela, karate françoise da Jejua, o Abel das Pedreiras já levam 4 partidos diferentes nos últimos doze anos, sem esquecer o Paulito mamão e o deputado mais ilustre da Assembleia Municipal o Pizgordo.
Águia – E vem o Sócrates a Celorico para encontrar mais oposição que na Assembleia da Republica...
Truta - Olha e agora vou-me que deve estar a chegar mais um SMS do J.A para mais um plenário socialista….


Para os Celoricenses que não puderam ir ao Baraçal- http://sorisomail.com/jogos-e-animacoes/1503.html